Centro 3325 5851
Moreninha 3393 3413

Início Novidades Fatores de Risco do Câncer de Mama em Homens

Fatores de Risco do Câncer de Mama em Homens

Um fator de risco é algo que afeta sua chance de adquirir uma doença como o câncer. Diferentes tipos de câncer apresentam diferentes fatores de risco. Embora os fatores de risco possam influenciar o desenvolvimento do câncer, a maioria não causa diretamente a doença. Algumas pessoas com vários fatores de risco nunca desenvolverão um câncer, enquanto outros, sem fatores de risco conhecidos poderão fazê-lo.
Ter um fator de risco ou mesmo vários, não significa que você vai ter a doença. Muitas pessoas com a enfermidade podem não estar sujeitas a nenhum fator de risco conhecido. Se um homem com câncer de mama tem algum fator de risco, muitas vezes é difícil saber o quanto esse fator pode ter contribuído para o desenvolvimento da doença.
Fatores que podem aumentar o risco de um homem desenvolver câncer de mama:
Envelhecimento - O envelhecimento é um fator de risco importante para o desenvolvimento do câncer de mama em homens. O risco aumenta quando o homem envelhece. Os homens são diagnosticados em média aos 68 anos.
Histórico Familiar - O risco de câncer de mama aumenta se parentes próximos da família tiveram câncer de mama. Cerca de 20% dos homens com câncer de mama têm parentes próximos do sexo masculino ou do sexo feminino com a doença.
Mutações Genéticas Hereditárias - Homens com alterações no gene BRCA2 têm um risco aumentado para câncer de mama. As alterações no gene BRCA1 também podem causar câncer de mama em homens, mas o risco não é tão elevado quanto para as mutações no gene BRCA2. As alterações nos genes CHEK2 e PTEN também podem ser responsáveis por alguns tipos de câncer de mama em homens.
Síndrome de Klinefelter - A síndrome de Klinefelter é uma condição congênita que afeta 0,1% dos homens. Os homens com síndrome de Klinefelter têm testículos menores que o normal. Muitas vezes, eles são inférteis, por não produzirem espermatozoides funcionais. Comparado com outros homens, eles têm baixos níveis de andrógenos e aumentados de estrogênios, por isso frequentemente desenvolvem ginecomastia. Alguns estudos mostraram que homens com a síndrome de Klinefelter são mais propensos a ter câncer de mama do que homens sem a doença. Esse risco pode ser de 1%.
Exposição às Radiações - Os homens que já fizeram radioterapia da parede torácica para outras doenças, como por exemplo, linfoma, tem um risco aumentado de desenvolver câncer de mama.
Alcoolismo - O alto consumo de bebidas alcoólicas aumenta o risco de câncer de mama em homens. Isso pode ser devido aos efeitos do álcool sobre o fígado.
Doença Hepática - O fígado desempenha um importante papel no metabolismo dos hormônios sexuais. Os homens com doenças no fígado, como cirrose, têm níveis relativamente baixos de andrógenos e níveis mais altos de estrogênio. Eles têm ginecomastia e um risco aumentado de câncer de mama.
Tratamento com Estrogênio - Medicamentos com estrogênio usados na terapia hormonal do câncer de próstata podem aumentar ligeiramente o risco de câncer de mama. Os homossexuais que tomam altas doses de estrogênios como parte do processo de mudança de sexo podem ter um risco aumentado de câncer de mama.
Obesidade - A obesidade é, provavelmente, um fator de risco para câncer de mama masculino, uma vez que as células de gordura do corpo se convertem em hormônios masculinos (andrógenos) e em hormônios femininos (estrogênios). Isso significa que os homens obesos têm níveis mais altos de estrogênio em seu corpo. A prática de exercícios físicos regulares e a manutenção de um peso saudável podem ajudar a reduzir o risco de câncer de mama, assim como o de muitas outras doenças.
Câncer de Mama e Condições dos Testículos - Alguns estudos sugerem que certas condições, como ter um testículo retido, ter caxumba quando adulto ou tiver um ou ambos os testículos removidos cirurgicamente (Orquiectomia) pode aumentar o risco de câncer de mama masculino. Embora esse risco seja baixo.
Exposição Ocupacional - Alguns estudos sugerem um aumento do risco em homens que trabalham em ambientes quentes, como as siderúrgicas. Homens expostos a vapores de gasolina também podem ter um risco aumentado. Entretanto, mais pesquisas são necessárias para confirmar estes resultados.
Fonte: http://www.oncoguia.org.br/

Voltar
  • Compartilhar

Trabalho com a farmacia conceitual sempre e não tenho do que reclamar. Atendimento e produtos com qualidade!

Patrícia Silva, Esteticista