Centro 3325 5851
Moreninha 3393 3413

Início Produtos Capsulas auxiliares do emagrecimento (termogênico)

Capsulas auxiliares do emagrecimento (termogênico)

Contribuem para a aceleração do metabolismo, devido a presença do chá verde rico em ...
Chá Verde: 
Nome cientifico: CameLlia sinensis. Possui ação termogênica, ou seja, acelera o metabolismo na queima de gorduras e pode contribuir para quem quer perder os quilos extras. É desintoxicante, ajuda a fortalecer o sistema imunológico.
Um trabalho publicado no American Journal of Clinical Nutrition, revista da Sociedade Americana de Nutrição, acompanhou dois grupos em dieta de emagrecimento. A um deles, além de alimentação balanceada e pouco calórica, recomendou-se a ingestão de seis a oito xícaras de Chá Verde por dia. Ao final do estudo, esses pacientes haviam queimado 4% a mais de gordura do que aqueles que não consumiram a bebida. A explicação é que o Chá Verde acelera bastante o metabolismo, o que faz com que seja contra-indicado para pacientes com problemas cardíacos. 
Café verde:
Nome cientifico: Coffea arábica.
O cafe verde é rico em ácido clorogênico mantém os níveis baixos de glicose e diminui o acúmulo de gordura. Por sua ação no metabolismo da glicose o café verde pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento de pacientes diabéticos. Além disso, alguns compostos deste extrato aumentam a atividade de uma enzima responsável pela oxidação de gordura no fígado. Assim, o extrato de café verde pode ser utilizado na prevenção do da esteatose hepática não alcoólica.
Gengibre:
Nome cientifico: Zingiber officinale root extract
O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal
- Atua contra problemas digestivos como náuseas e vômito e cinetoses; 
- Anti-inflamatório auxiliando no tratamento de dores de garganta, gripes, resfriados, tosses e ressacas; 
- Acelera o metabolismo e queima gordura corporal, devido sua ação termogênica, auxiliando na redução de peso;
Estudos: Estudo observou a aplicação do gengibre em ratos. Os resultados sugerem que o gengibre foi capaz de consumir oxigênio em associação com o aumento da pressão de perfusão e produção de lactato. Os principais responsáveis por estas observações são os gingeróis que possuem atividade termogênica (Eldershaw et al., 1992).
Picolinato de cromo:
O Picolinato de Cromo é uma forma orgânica e completamente biodisponível de Cromo, apresentando uma atividade de em média 120mg de Cromo em cada grama de Picolinato. O Cromo encontra-se distribuído principalmente nos cabelos, baço e rins. O coração, pulmão, pâncreas e cérebro também contêm Cromo, mas em concentrações menores. O Cromo ativa várias enzimas envolvidas no metabolismo da glicose e síntese de proteínas, principalmente a insulina. De fato, o Cromo é um mineral que participa da biossíntese, desse hormônio, participando também do seu aproveitamento pelas células durante o transporte da glicose. Vários estudos documentam a utilização do Cromo em diversos distúrbios, endógenos, incluindo distúrbios do colesterol, glicose, diabetes, obesidade e envelhecimento. Da mesma forma, o Picolinato de Cromo é um suplemento alimentar seguro e eficaz, o que é demonstrado por inúmeros trabalhos em revistas indexadas.
Composição:
Chá verde                   200 mg
Café verde                  100 mg
Cromo picolinato      100mcg
Gengibre                       80 mg
Citrus auramtium       150 mg
Posologia:
Tomar 1 capsulas após as refeições ou conforme orientação de profissional habilitado
Referências bibliográfica:
1. The Merck Index: Editora Merck & Co, INC 12ªedição, 1996, Pág. 375.
2. A Revolução dos Nutrientes: José Gilberto Peres de Moura, 2ª edição. Págs. 86-7
3. http://altmedicine.about.com/od/herbsupplementguide/a/chromiumsideeff.htm.Consultado em 31/01/2012.
4. Abdulaziz BD, Halabi MF, Abdullah NA, Rouhollahi E, Hajrezaie M, Abdulla MA. In Vivo Evaluation of Ethanolic Extract of Zingiber officinale Rhizomes for Its Protective Effect against Liver Cirrhosis. BioMed Research International. 2013;
5. LIMA, R. Adriene. PEREIRA, A. F. G. Rosemary. ABRAHÃO, A. Sheila. Compostos bioativos do café: atividade antioxidante in vitro do café verde e torrado antes e após a descafeinação. Departamento de Ciência dos Alimentos, Universidade Federal de Lavras, 37200-000 Lavras -MG, Brasil. Quim. Nova, Vol. 33, No. 1, 20-24, 2010.
6. SIMÕES, C. M. O. (Org.) et al. Farmacognosia: da planta ao medicamento. Porto Alegre: Ed. UFRGS; Florianópolis: Ed. UFSC, 2004.
7. SCHULZ, V.; Hänsel, R,; Tyler, V. E. Fitoterapia Racional: um guia de fitoterapia para as ciências da saúde. 4ª.ed. Barueri: Manole, 2002.

Voltar
  • Compartilhar

Trabalho com a farmacia conceitual sempre e não tenho do que reclamar. Atendimento e produtos com qualidade!

Patrícia Silva, Esteticista